29.4.09

"Ela sabe que não se consegue precisar o momento, a hora, o dia em que uma pessoa fica apaixonada. Sempre um pouco antes, sempre um pouco depois. Ela sabe que não se pode revelar definitivamente como, e porquê, uma pessoa ficou apaixonada por esta pessoa, precisamente esta, e não por outra muito parecida com ela. Qualquer razão perde a razão. O que uma pessoa pode sentir é se está ou não apaixonada. Que houve um estreito abismo, sem saber quando nem como, sobre o qual sabe que saltou. Sem poder avaliar as consequências. Como uma doença. Não é só isso. Uma pessoa quando está apaixonada não está continuamente apaixonada, muito menos com a mesma intensidade. Varia muito. Acontece uma pessoa duvidar se está ou não apaixonada. Ficar totalmente baralhada. É mais fácil uma pessoa sentir a paixão por outra pessoa quando ela não está presente. Isso parece-lhe um facto. A sua ausência aumenta o poder da sua presença. A paixão é mais sua, mais inteira, há menos interferências. Com ela é assim. Sente um vazio que só o outro, único no mundo todo, vai poder preencher, sarar, cuidar. Uma espécie de saudade imperiosa. Uma questão de vida ou de morte."


Rosa Vermelha em Quarto Escuro, Pedro Paixão

Categories:
L., às 13:13  comentar

De André Jesus a 29 de Abril de 2009 às 18:19
Eu conheço Pedro Paixão, tenho um amigo que é completamente louco pelas suas palavras. E no fundo eu percebo porquê. Estes textos fazem-nos pensar e concordar com as palavras como nimguém! estes textos fazem-nos sentir únicos!

Abraço =)

De ti a 30 de Abril de 2009 às 12:10
Publiquei este texto há uns meses no meu blogue... e a frase "Nicola" do post abaixo também, em foto... Adorei, claro :)

De L. a 30 de Abril de 2009 às 13:15
Já ouviste o programa de rádio da antena 3 (se não estou enganada) onde o próprio Pedro Paixão lê esta parte? Tão bom...

De Ti a 30 de Abril de 2009 às 13:59
Não!!! Onde posso ouvir? sabes? obrigada!

De L. a 30 de Abril de 2009 às 14:04
Acho que no site dele está lá, onde diz media, lembrei-me o nome do programa, prova oral: http://www.pedropaixao.net/
Se não vai ao próprio site da antena 3, podes fazer o download e tudo, eu gosto de ouvir no mp3 :$

De v. a 2 de Maio de 2009 às 00:22
Excerto maravilhoso. Fiquei com vontade de ler o livro.

"...things don't have to be extraordinary to be beautiful.
The ordinary could be just as beautiful."

Wicker Park