28.2.09

"Nãããããããããõoo" - disse ela. (*)

 

Passo a explicar.

Vou implorar-vos para que façam frequentemente cópias dos documentos importantes que tenham no vosso computador. A sério, façam isso, por favor. Principalmente se tiverem criaturas em casa que utilizem o dito sem a vossa autorização e supervisão. Comprem um disco externo, uma pen de meio milhão de gigas, comprem vinte mil dvd's, mas façam a porcaria da cópia. Eu não fiz, e perdi os meus trabalhos dos últimos sete meses. É simpático. Adoro quando estas coisas acontecem. Que se lixe. Fora isso tive que render-me ao Windows Vista. Agora que venha daí o Seven, que esta merda é boa.

 

(*) Perceberam agora?

L., às 21:28  comentar

De drink a 28 de Fevereiro de 2009 às 22:25
Vistaaaa?? Tenho pena de ti.
Já mexeste no 7??? Eu ainda nem me tentei em sacar. Ainda ando a recolher informações, a ver se vale a pena o trabalho de formatar...

Quanto aos ficheiros, experimenta um "Recovery my files" ;)

De brunomiguel a 1 de Março de 2009 às 17:05
Para dizeres que é bom, convém teres alguma coisa para comparar.

By the way, qualquer sistema *nix tem uma coisa muito útil chamada rsync, que, se não me engano, até suporta encriptação e tudo. E se não suportar, podes sempre usar o bom velho gnupg para encriptar os ficheiros a 4096 bits :)

De Gabriel a 2 de Março de 2009 às 14:01
hehe.
todos nós sabemos que temos que fazer copias... mas todos nós invariavelmente acabamos por nunca as fazermos... acabam sempre por ser documentos importantes que perdemos... triste sina não é?

De Paulo Galindro a 2 de Março de 2009 às 14:01
Só qiero mesmo dizer que simplesmente adoro o teu blog (perdão pelo tratamento na primeira pessoa, mas isto dos blogs faz-nos sentir muito próximos dos seus autores). É tão arejado, que muitas vezes o vejo por fins "terapêuticos". É inspirador, poético, provocador e muito luminoso. Parabéns

Paulo Galindro

De guiga a 2 de Março de 2009 às 15:40
Que horror!!!
Lembraste-me que tenho de gravar as fotos que tenho no meu portátil. Ando sempre a adiar, a adiar...Deus me livre!
*.*

"...things don't have to be extraordinary to be beautiful.
The ordinary could be just as beautiful."

Wicker Park