15.4.09

Hoje apetece-me voltar a ouvir isto James - Out to get you.

Categories:
L., às 23:54  (9) comentar

E um dia acordou e perguntou se o podia amar. Ele encolheu os ombros e questionou se havia alguma forma de lhe fugir. Ela respondeu que não pois sempre o havia de encontrar. Então ele rendeu-se e apaixonou-se naquele dia.

L., às 21:25  (7) comentar

Gostava de te ter aqui, mais ontem do que hoje, mas agora torna-se difícil encontrar razões para o desejo. Aos meus olhos já nada tem a cor que me convêm e toda a vida será insuficiente para desculpar  tudo aquilo que não aconteceu. Que desculpa ainda te justifica? Até parecia que nunca mais iria ficar só. O cheiro ainda flutua pelas coisas. Há gestos que evito fazer, momentos do dia aos quais tento fugir. Sabes as palavras? Irrita-me as pessoas que roubam as tuas palavras quando já nem tu as usas em mim. Depois é o peso dos lençóis, o peso da água que cai no corpo. E tu sabes que eu suportaria todo esse peso em teu lugar. Sabes não sabes? Quando me mentes para não me ferires amor, quando o fazes... se pudesses ver como isso às vezes me magoa.

Categories:
L., às 19:17  (1) comentar

L., às 17:44  comentar

Lover, you should've come over. Hoje é um desses dias em que deveria mesmo.

Categories: ,
L., às 16:16  (2) comentar

"...things don't have to be extraordinary to be beautiful.
The ordinary could be just as beautiful."

Wicker Park