14.4.09


E DEPOIS PERGUNTAM PORQUE NÃO O ODEIO. EU SUSPIRO E GUARDO A RESPOSTA PARA MIM. "PORQUE UM DIA O AMEI".

Categories: ,
L., às 22:12  (9) comentar

 

 


OLHA, APETECEU-ME. E DEPOIS QUANDO AS PESSOAS PERGUNTAVAM DO QUE TINHA MAIS SAUDADES EU RESPONDIA SEMPRE: DO ÚLTIMO MINUTO, DA ÚLTIMA PALAVRA, DO ÚLTIMO BEIJO, DO ÚLTIMO ABRAÇO, DO ÚLTIMO CHEIRO, DO ÚLTIMO OLHAR. ÀS VEZES AS PESSOAS NÃO TEM NOÇÃO DO QUÃO BONITA UMA DESPEDIDA PODE SER.

Categories: ,
L., às 22:03  (2) comentar

Categories:
L., às 21:06  (3) comentar

Insónias dá nisto, gravações às 5:21h da manhã. Coloquem uns phones e fechem os olhos: Galos.

 

 

Categories:
L., às 17:14  (1) comentar

"Cada vez que digo a palavra ceia lembro-me deste sketch"

L., às 00:26  (9) comentar

"...things don't have to be extraordinary to be beautiful.
The ordinary could be just as beautiful."

Wicker Park