20.8.09

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ela é fotogénica.

Categories:
L., às 00:08  comentar

De plastessina a 20 de Agosto de 2009 às 00:33
eu tenho aqui uma colega da Oliva, é a Messa. 

De L. a 20 de Agosto de 2009 às 00:39
Elas podiam ser as melhores amigas.

De plastessina a 20 de Agosto de 2009 às 00:47
a minha tem há muito tempo um papel lá enfiado a dizer i like to feel his eyes on my when i look away, que é uma frase do before sunrise ou sunset, não sei. se ela vir um adeus não afastes os teus olhos dos meus escrito numa amiga vai logo entusiasmar-se, vou-lhe contar e depois marcam um café.

De L. a 20 de Agosto de 2009 às 00:50
Vês, faz sentido e tudo. É o universo a conspirar.

De bid a 20 de Agosto de 2009 às 00:34
Ena... uma máquina de escrever :) E com teclado azerty!! Agora tens matéria prima para muitos e bons posts :)

De L. a 20 de Agosto de 2009 às 00:40
ainda troco os a's pelos q's a escrever nela e demoro imenso tempo à procura do z. eheh

De Pedro a 20 de Agosto de 2009 às 00:38
podes crer!

De Cate a 20 de Agosto de 2009 às 01:40
Linda linda. Que cores fantasticas!

De T a 20 de Agosto de 2009 às 04:00
Olha, por acaso não me sabes dizer onde posso eu arranjar uma jeitosa dessas?

De L. a 20 de Agosto de 2009 às 11:06
Por acaso não porque esta era da minha mãe :/

De outrosdias a 20 de Agosto de 2009 às 09:20
'xinapá.... Uma Oliva!
Teclado português... fotogénica...
Também tenho uma. Guardo-a religiosamente.
Pancadas :)

De L. a 20 de Agosto de 2009 às 11:05
Pancadas boas :)

De Marina a 20 de Agosto de 2009 às 11:26
Amava ter uma dessas: O

De ana a 20 de Agosto de 2009 às 11:52

Fotogénica e muito bonita, =)
Gosto tanto dessas coisas, mais antigas !

De guiga a 20 de Agosto de 2009 às 15:15
Não me queres dar um pouco desse teu infinito talento?!?!
Dava-me tanto jeito...
Kiss *.*

De James Lewis a 20 de Agosto de 2009 às 19:29
Tenho inveja do teu barraco e do estatuto que ilustras, tem qualquer coisa de: "a guarda do Museu"!

"...things don't have to be extraordinary to be beautiful.
The ordinary could be just as beautiful."

Wicker Park