26.7.09

Há músicas que nos fazem recuar no tempo. Cheiros que se repetem, que se confudem com outros cheiros. Há ruas que nos fazem querer percorrê-las sozinhos, outras há que pedem uma companhia para o riso ou um simples olhar que afaste a solidão. Há roupas que deixam de ser usadas para guardarem uma história. Há dias marcados na agenda que mereciam ser vividos mais uma ou duas vezes. Há doces que não fazem sentido sozinhos. Há viagens que deviam ser feitas mais vezes, todos os dias, sem rotina, apenas porque sim. Há gelados que só pedem a companhia de uma pessoa. Há horas que deviam ser marcadas mais vezes. Há beijos que deviam deixar de ser perfeitos e lágrimas que deveriam ser apenas de alegria. Há pessoas e no fim há amor.

Categories: ,
L., às 00:44  comentar

De Maria a 26 de Julho de 2009 às 12:04
Que bonito Leonor .
Gostei muito, principalmente a parte "Há dias marcados na agenda que mereciam ser vividos mais uma ou duas vezes."
Lindo :)

De Sem Nome a 26 de Julho de 2009 às 17:04
Às vezes és fófinha =P

De caleidoscópio a 27 de Julho de 2009 às 00:17
lá está, no fim há sempre amor.


p.s.- as músicas do david não dão hipótese.

De Sara a 27 de Julho de 2009 às 00:41
Ai Leonor, tu e a tua facilidade de me deixar a lágrima no olho...

De Miguel Marujo a 27 de Julho de 2009 às 13:23
e a nova música dele em download gratuito: http://davidfonseca.com/ - a cry 4 love, diz o rapaz.

De L. a 27 de Julho de 2009 às 13:24
Fiz esta noite o download :p

De Miguel Marujo a 27 de Julho de 2009 às 13:29
;)

De Vera a 27 de Julho de 2009 às 14:08
Adorei, adorei.

De Sofia a 6 de Agosto de 2009 às 02:20
Bastante bonito.
Desculpa a invasão, mas assim que vi uns posts tive que 'cuscar' tudo. :P
Gosto do blog e principalmente do que escreves, simples mas simplesmente bonito. :)

Beijinho* *

De L. a 6 de Agosto de 2009 às 12:27
Obrigada :)

"...things don't have to be extraordinary to be beautiful.
The ordinary could be just as beautiful."

Wicker Park